Pan Park Penêda-Gerês | WWF

Pan Park Penêda-Gerês



O Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) foi criado em Maio de 1971, visando a valorização das actividades humanas e os recursos naturais, tendo em vista finalidades educativas, turísticas e científicas.

Em 2008 (PNPG) obteve a certificação PanParks na qual se incluem actualmente outros parques Europeus.

PAN Parques - é a única organização europeia que se concentra na protecção de áreas seminaturais ou bravias.Visa redefinir e desenvolver um conceito de conservação para as áreas seminaturais ou bravias na Europa. Este conceito encontra-se amplamente desenvolvido para outras áreas protegidas no mundo.

Metodologia de integração dos PAN Parques: Visa a protecção de áreas seminaturais ou bravias em articulação com o desenvolvimento de iniciativas de turismo sustentável.O PNPG cumpriu estes critérios e obteve a certificação PanParks..

Os PAN Parques fornecem um sistema de certificação a terceiros, o Framework for Management Effectiveness (Certificado de Gestão Eficaz) ao abrigo da Comissão Mundial de Áreas Protegidas (WCPA, sigla em Inglês). Os PAN Parques assumem-se como uma marca de referência importante em termos de altos padrões na gestão e desenvolvimento de iniciativas de turismo sustentável em áreas protegidas.

Exemplos de Habitats mais característicos do PNPG:

- carvalhal, floresta mista de árvores de folha caduca e de folha persistente, onde se encontramespécies emblemáticas da flora como o azevinho e algumas orquídeas e da fauna, como o corço, a víbora-de-seoane ou a víbora-cornuda;

- bosques ripícolas, com a presença do teixo, do amieiro, do freixo e do feto-do-gerês, mas também da lontra, do lagarto-de-água, da salamandra-lusitânica ou do sapo-parteiro;

- turfeiras e matos húmidos, habitats raros e vulneráveis que se desenvolvem em solos encharcados.