Noticias | WWF

Noticias



HABEaS News Digest - 1 de Novembro

Sem sistemas vivos e em “equilíbrio dinâmico”, não há capacidade de suporte nem resiliência para manter a vida humana como a conhecemos. É como se estivéssemos numa nave espacial a vogar pelo universo e menorizássemos a perda de parafusos e fios, porque são coisas pequeninas e incompreendidas, logo, pouco importantes e nunca tão valiosas como a licença de uso do software ou os incentivos salariais à gestão de topo. Mas e se esses “parafusos” forem espécies e os fios os ecossistemas, será que nada valem para manter a segurança da nave espacial Terra? Obrigatoriamente temos que analisar o futuro do modelo financeiro para a gestão da biodiversidade, assim como colocar como ponto prioritário na agenda da governação planetária a o desenvolvimento de competências, especialmente por parte do sector privado para lidar com a gestão dos ecossistemas como parte do modelo de negócio.


Top News

Durante a reunião das Nações Unidas que teve lugar em Hyderabad os países participantes acordaram duplicar o financiamento destinado a parar a perda de biodiversidade. Contudo as organizações de conservação afirmam que é necessário aumentar este esforço para que sejam cumpridos os objectivo definidos.

Countries pledge to double biodiversity funding by 2015

Countries have agreed to double the amount of funding available to tackle biodiversity loss to 2015, but conservation groups said efforts "must be urgently scaled up" if they are to meet internationally agreed targets.

http://www.businessgreen.com/bg/news/2218971/countries-pledge-to-double-biodiversity-funding-to-2015



A Agência Europeia de Ambiente (AEA) publicou um relatório sobre Áreas Protegidas na Europa em que revê o estatuto de diversos parques nacionais e naturais. Este relatório afirma ainda que existem mais de 105 000 áreas protegidas nos países nos países membros e que colaboram com a AAE.

EEA Releases Overview of European Protected Areas

22 October 2012: The European Environment Agency (EEA) has released a report titled “Protected Areas in Europe – an Overview,” reviewing the status of national parks, nature reserves, biosphere reserves and other protected areas in Europe. According to the report, there are over 105,000 nationally designated protected sites in EEA member and cooperating countries.

http://www.eea.europa.eu/publications/protected-areas-in-europe-2012




Pavan Sukhdev, da iniciativa TEEB – The Economics of Ecosystems and Biodiversity fala sobre o valor económico dos serviços prestados pela natureza e sobre como as empresas obtêm da natureza e biodiversidade recursos como comida, combustível e fibras de forma gratuita. Neste contexto as empresas deveriam passar a reconhecer, medir e conservar os serviços dos ecossistemas que suportam as suas actividades.


"We use it because it's valuable - we lose it because it's free."

Biodiversity is the living fabric of this planet. Without we are nothing! Pavan Sukhdev, Study Leader of TEEB, explains the huge values nature and its services have to the human economy and that the resource inputs, such as food, fuel and fiber, which businesses get from biodiversity, are often for free. According to Sukhdev businesses need to stop having a free lunch by recognizing, measuring and maintaining ecosystem services.


http://www.youtube.com/watch?v=V3GWf5rF0-s&feature=player_embedded



O livro ““The Little Forest Finance Book” tem como objectivo apoiar processos de decisão relacionados com assuntos de carácter financeiros relacionados com a floresta.

The Little Forest Finance Book - 14 Catalysts to Scale Up Forest-Friendly Finance

“The Little Forest Finance Book”’s overarching aim is to catalyse an increase in the finance flowing towards forest-friendly development. The book is a reference for decision makers and project stakeholders within governments, NGOs, the private sector, and forest communities who want to understand where forest finance can be raised, how it can best be managed, and the types of activities that it enables.
 
http://www.business-biodiversity.eu/default.asp?Lang=ENG&Menue=120&News=1120



Uma nova ferramenta foi recentemente divulgada na 11ª Conferência da Diversidade Biológica (COP – CBD) na Índia, que tem como objectivo ajudar os países a cumprirem as suas obrigações relacionadas com desenvolvimento, erradicação da pobreza e conservação da biodiversidade.

New tool linking poverty eradication with biodiversity conservation

A new tool was recently unveiled at the 11th Conference of Parties – Convention on Biological Diversity (COP-CBD) in India. It will help countries meet their existing obligations regarding development, poverty eradication and maintenance of biodiversity.

http://sdupdate.org/component/content/article/10-news/204-new-tool-linking-poverty-eradication-with-biodiversity-conservation

 
	© WWF/CEAN/Faunalia
WWF/CEAN/Faunalia
© WWF/CEAN/Faunalia

HABEaS News Digest - 17 de Outubro

 
	© Guardian
Guardian
© Guardian
As actividades económicas podem ter diversas consequências nefastas sobre os ecossistemas, que nem sempre são devidamente quantificadas e valorizados pela sociedade em geral. Por exemplo, estima-se que os custos associados às alterações climáticas a nível global ascendam já a 1,2 triliões de dólares, o que corresponderá a 1,6% do PIB mundial.

As florestas desempenham um papel chave na mitigação destes impactos, mais concretamente pelo facto de serem responsáveis pela absorção de uma grande quantidade do carbono emitido pelo Homem. Adicionalmente, os ecossistemas florestais fornecem uma série de serviços que constituem a base da actividade económica de milhões de pessoas em todo o mundo. Este é o desafio que temos que enfrentar: um mundo sob pressão, com recursos naturais limitados e uma população global crescente. Qual é o verdadeiro papel do capital natural na riqueza e crescimento das nações? Para quando a redefinição do que entendemos por ‘crescimento económico’?


Notícias principais


1. Global: Climate Change is Already Damaging Global Economy, Report Finds

Um relatório produzido por mais de 50 cientistas, economistas e especialistas em política ambiental coordenado pelo ‘DARA group’ e ‘Climate Vulnerable Forum’ estima que os custos das alterações climáticas ascendam a 1,2 triliões de libras, o que corresponde a 1,6% do PIB mundial.

Climate change is already contributing to the deaths of nearly 400,000 people a year and costing the world more than $1.2 trillion, wiping 1.6% annually from global GDP, according to a new study.

http://www.guardian.co.uk/environment/2012/sep/26/climate-change-damaging-global-economy 


2.
Forest Products Annual Market Review, 2011-2012, UNECE/FAO, 1 September 2012

O relatório 2011-2012 da UNECE/FAO relativo ao mercado de produtos florestais mostra que houve um aumento das importações de produtos florestais com origem nos EUA, Rússia e Canadá por países asiáticos, como por exemplo a China. No entanto o mercado de produtos florestais mantém-se ainda 10% abaixo dos níveis registados antes da crise financeira mundial.

The UNECE/FAO Forest Products Annual Market Review, 2011-2012
provides general and statistical information on forest products markets in 2011 and early 2012 in the UN Economic Commission for Europe region (Europe, North America and Eastern Europe, Caucasus and Central Asia).

http://www.unece.org/fpamr2012.html 


3.
A Practical Proposal to Erase Externalities, by Randy Hayes and Brent Blackwelder

O crescimento económico tem com frequência consequências nefastas sobre os ecossistemas, consumindo recursos e causando poluição. No entanto estas consequências não são incluídas nos custos operacionais das empresas que os causam e são por isso "externalizados".

As the global economy grows, it expands into pristine habitats, interferes with critical ecosystems, consumes more resources, and emits more pollutants. Many activities that fall under the banner of economic growth are undercutting the planet’s ecological systems. At the heart of this tragedy are pollution damages that are imposed on society but not factored into company costs. These damages are called externalities because they are externalized by the businesses generating them.

http://steadystate.org/practical-proposal-erase-externalities/


4.
GEOCARBON – Toward an Operational Global Carbon Observing System

O projecto GEOCARBON é um projecto europeu FP7 que tem como objectivo criar um observatório e sistema de análise de carbono, que apoia actividades científicas e decisões políticas.

GEOCARBON is a European FP7 project with a global perspective, with the ultimate aim to lay the foundations for an operational Global Carbon Observing and Analysis System in support to both science and policy.

http://www.geocarbon.net/


5.
Natural wealth: Is it a blessing or a curse?

Neste artigo foi utilizado um conjunto de dados divulgado pelo Banco Mundial em 2011 sobre capital natural e outras fontes de riqueza dos países para revisitar algumas conclusões publicadas na literatura sobre a relação entre a abundância de recursos naturais e os níveis de rendimento.

Using data series recently released by the World Bank (2011) on natural capital and other forms of countries’ wealth, this column revisits some of the conclusions reached in the literature on the relationship between natural resource abundance and income levels.

http://www.voxeu.org/article/natural-wealth-it-blessing-or-curse