HABEaS | WWF

HABEaS



O que é o HABEaS?

O HABEaS - Hotspot Areas for Biodiversity and Ecosystem Services é uma plataforma virtual que resulta de uma parceria entre a WWF e o Centro de Ecologia Aplicada "Prof. Baeta Neves" (CEABN), do Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa, que foi criada para permitir a qualquer stakeholder da Bacia do Mediterrâneo explorar o seu capital natural.

O HABEaS WebGIS é um sistema de informação geográfica online que oferece a qualquer stakeholder a possiblidade de consultar, de forma livre e gratuita, informação sobre biodiversidade e serviços do ecossistema.


Porque é que decidimos construir o HABEaS?

A ferramenta HABEaS WebGIS foi criada para facilitar o acesso por parte de qualquer parte interessada a um conjunto vasto de informação geográfica sobre biodiversidade e serviços do ecossistema, que se encontrava disperso por diversas entidades públicas e privadas.


Que ferramentas utilizámos para construir o HABEaS WebGIS?

Esta ferramenta foi desenvolvida exclusivamente com software livre e de código aberto ("free and open source"). O WebGIS foi desenvolvido com os softwares Mapserver (("maps server"),  pMapper ("webmapping framework"), e PostgreSQL/PostGIS ("database")  e o processo de recolha e tratamento de informação geográfica foi feito com software SIG Quantum GIS.

Sendo este um projecto que visa facilitar a divulgação de informação sobre biodiversidade e serviços do ecossistema à sociedade, consideramos que devemos privilegiar a utilização de programas informáticos e formatos de dados "abertos" que estejam disponíveis de forma livre e gratuita para qualquer pessoa ou entidade.



Qual é a área de intervenção da ferramenta HABEaS WebGIS?

Neste momento a ferramenta disponibiliza dados sobre biodiversidade e serviços do ecossistema relativos ao sul de Portugal, englobando os distritos de Setúbal, Évora e parte os distritos de Lisboa, Santarém e Portalegre, num total de 3.743.382 hectares.


A biodiversidade do montado de sobro

O montado de sobro é um sistema agro-silvo-pastoril com elevado valor de biodiversidade, que presta uma série de serviços do ecossistema.

Neste sistema ocorrem mais de 100 espécies listadas na Directiva Aves e Habitats, como por exemplo espécies carismáticas e ameaçadas como o lince-Ibérico (Lynx pardinus), a águia imperial Ibérica (Aquila adalberti) ou o grou-comum (Grus grus). O montado de sobro é também muito importante para diversas espécies de caça menor como a perdiz vermelha, o coelho bravo e a lebre  e para espécies de caça maior, como o javali e o veado.


Serviços do Ecossistema prestados pelo montado de sobro

O montado de sobro presta serviços relacionados com a conservação da água e do solo, promovendo a sua infiltração em áreas de recarga de aquífero e a protege o solo contra a erosão. Estes serviços do ecossistema são particularmente importantes porque o montado ocorre numa área de clima Mediterrânico, muito seco nos meses quentes, onde a água é um recurso escasso e onde se que prevê que venha a ser ainda mais escasso num cenário de alterações climáticas. Por outro lado, os solos são pobres, pouco produtivos e apresentam grande risco de erosão, pelo que a sua protecção é essencial.

O montado de sobro contribui também para armazenamento de carbono em ciclo longo, dada a longevidade do sobreiro à sua longevidade e ao facto de o sistema ser explorado sem que isso implique o derrube da árvore.
 
 
	© Parceiros HABEaS
Parceiros HABEaS
© Parceiros HABEaS

 
	© Rui Cunha
Montado de sobro
© Rui Cunha
 
	© Rui Cunha
Rui Cunha
© Rui Cunha