PONG-Pesca discorda dos limites de captura de sardinha acordados a nível ibérico para 2018 e indigna-se com falta de diálogo por parte da tutela | WWF

PONG-Pesca discorda dos limites de captura de sardinha acordados a nível ibérico para 2018 e indigna-se com falta de diálogo por parte da tutela



Posted on 28 October 2017
Fisheries Subsidies - Will the EU turn its back on the 2002 Reforms?
© WWF / Quentin BATES
Ontem, após os governos de Portugal e Espanha terem estado reunidos, a tutela portuguesa reuniu com o sector, numa reunião à porta fechada, para discutir as futuras medidas de gestão e comunicar os valores que foram acordados entre os dois Estados Membros relativamente à quota de sardinha ibérica para 2018. Segundo a Comunicação Social, terá sido acordada entre os dois países uma quota entre as 13 500 e as 14 000 toneladas. Espera-se que esta proposta seja apresentada aos responsáveis da Comissão Europeia durante a próxima semana, para que seja tomada uma decisão final.
A Plataforma de Organizações Não Governamentais sobre a Pesca (PONG-Pesca*) recebe esta notícia com manifesta preocupação, uma vez que no passado dia 20 de outubro o Conselho Internacional para a Exploração dos Mares (CIEM, em inglês, ICES) divulgou o parecer científico sobre a pesca da sardinha ibérica para 2018, onde recomendava captura zero para o próximo ano**. Uma vez mais, Portugal pretende desrespeitar os pareceres científicos, adiando a resolução de um problema que poderá resultar numa paragem na pesca da sardinha por muitos anos.